O que é MDF, MDP e madeira maciça?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Índice do conteúdo:

Você vai comprar seus móveis ou encomendar peças sob medida e precisa responder à uma pergunta inevitável: a matéria prima será MDF, MDP ou madeira maciça? Essas siglas costumam causar bastante confusão e é importante conhecê-las para fazer uma boa escolha. Neste artigo, você vai descobrir o que é MDF, MDP e madeira maciça e todas as suas características.

O que é MDF, MDP e madeira maciça
O que é MDF, MDP e madeira maciça? Foto: Móveis Bonatto.

O que é MDF?

Para começar, vamos ao material mais popular na fabricação de móveis, o MDF. O nome é uma sigla para Medium Density Fiberboard, um tipo de madeira reconstituída por meio de fibras, resinas sintéticas e aditivos.

Explicando de forma mais simples, o MDF é feito com a junção de fibras de vários tipos de madeira triturada, que forma uma só chapa com a utilização de produtos químicos, capazes de dar “a liga”.

É justamente por ter essa constituição que o MDF tem um aspecto uniforme na superfície, o que permite receber pintura, adesivo ou colar lâminas de madeira facilmente. Além disso, a uniformidade faz com que seja possível cortar as peças em diferentes formatos, algo bastante útil nos móveis sob medida que, por vezes, tem um design específico para melhor encaixe.

O MDF pode ser utilizado na fabricação dos mais diversos tipos de móveis, mas é mais comum encontrá-lo em mesas, cadeiras, guarda-roupas e estantes. Tem sido ainda uma opção de matéria prima frequente para o painel da televisão na sala, peça fundamental para quem tem uma sala de estar pequena.

Apesar da fama do MDF, essa nem sempre é uma boa opção. Entre suas características negativas temos a baixa resistência à umidade, o fato de não suportar muito peso e a facilidade em se deteriorar na montagem e desmontagem.

Se você optar por um móvel em MDF, lembre-se de não o colocar em um ambiente com muita umidade, como o banheiro, e evitar que fique exposto diretamente à luz solar, já que ambos podem prejudicar a estrutura da peça. Na limpeza, tudo o que você vai precisar é de um pano macio e produtos específicos caso queira um brilho à mais.

O que é MDP?

Para muitas pessoas, o MDP (Middle Density Particleboard) é a evolução do MDF, uma vez que o conceito de fabricação é bastante similar. O MDP também é feito com a junção de madeira triturada, entretanto, nesse caso há ainda partículas de madeira maciça, que junto com a resina e os aditivos, garantem maior resistência ao material.

Por ser mais resistente, o MDP é bastante utilizado na parte interna dos móveis, aquela que precisa suportar o peso dos objetos que acomodamos dentro ou em cima deles. Essa resistência também é positiva para quem precisa mudar de casa com frequência, já que a montagem e desmontagem não prejudicam a estrutura.

Por outro lado, a composição do material faz com que seu acabamento não seja tão bonito ou retilíneo quanto o MDF. Isso acontece porque a mistura dos elementos gera maior porosidade às chapas, resultando em uma superfície irregular. As peças de MDP não recebem bem camadas de tinta, adesivos ou colagem de lâminas.

Nos últimos anos, o MDP e o MDF passaram a ser usado juntos na maioria dos móveis, sejam eles fabricados e vendidos por lojas ou os modelos sob medida. Essa combinação faz com que o MDP seja utilizado nas áreas que precisam de maior resistência, como o forro e as partes laterais do móvel, enquanto o MDF é colocado nas áreas mais leves, como as portas.

O MDP é bastante recomendado em áreas com maior umidade, como o banheiro, além das partes internas dos móveis que não precisam de um acabamento tão refinado. E assim como o MDF, a limpeza do MDP é bem simples, feita com um pano macio.

O que é madeira maciça?

Por muitos anos, a madeira maciça era a matéria prima da maioria dos móveis dos brasileiros. Certamente, você tem em casa alguma peça herdada da sua avó, super resistente e muito pesada, que provavelmente foi feita em madeira maciça.

A madeira maciça é uma peça 100% natural, que não tem fibras sintéticas, aditivos ou outros tipos de madeira triturada. Por ser natural, tem um volume e peso maior, o que também garante mais reforço estrutural. Por conta disso, pode passar por montagens e desmontagens diversas vezes, sem perder sua estabilidade.

Uma curiosidade é que a madeira maciça conta com características próprias, que varia de acordo com a espécie escolhida. Isso influencia na cor, textura e até no aroma. No Brasil, toda madeira maciça legal provém de matas reflorestadas. O eucalipto é uma das espécies mais procuradas pelo preço, enquanto o mogno é uma opção mais sofisticada.

Quem quer móveis de alta durabilidade e estabilidade, além de maior resistência contra danos, deve considerar a madeira maciça. Esse material faz com que o móvel seja mais pesado, por isso é ideal em espaços que não se pretende mudar peças de lugar com frequência. A limpeza pode ser feita com um pano e o auxílio de produtos específicos para ter mais brilho.

Um ponto negativo é que a madeira maciça precisa ser trabalhada no tempo certo, quando estiver “madura”, caso contrário pode apresentar problemas estruturais, criando frestas ou empenando parte dos móveis. Portanto, é fundamental escolher uma empresa especializada na matéria prima para evitar complicações.

MDF, MDP ou madeira maciça: qual escolher?

Não existe um material que é mais recomendado do que o outro, uma vez que tudo depende do uso que você terá com o móvel, da sua necessidade e em quanto você está disposto a gastar.

O MDF é um produto de preço intermediário, que permite recortes diversos, fazendo com que se encaixe nos em todos os tipos de ambiente. Sua superfície lisa também oferece um acabamento mais sofisticado. Porém, não suporta tanto peso, não é bom em áreas úmidas e exige um cuidado maior na montagem e desmontagem.

O MDP, por sua vez, é mais resistente e aguenta um peso maior, mas não tem um acabamento tão bonito. Entre as três opções, tem o menor custo, um grande atrativo na hora de comprar móveis. Por ser mais resistente, suporta mais montagens e desmontagens.

Por fim, a madeira maciça é uma opção segura no quesito estabilidade e resistência, com uma matéria prima que não inclui partículas ou aditivos. Também é capaz de suportar bastante peso e é extremamente resistente a montagens e desmontagens. De negativo está o preço, que é o mais caro deles, e a dificuldade em mover um móvel de madeira maciça devido ao seu peso.

Com todas essas informações, cabe a você decidir o que é melhor para o seu ambiente.